A Dourada tem um corpo muito ovalado de cor cinzento-prata e uma mancha dourada entre os olhos, origem do nome “dourada”. É encontrada no Atlântico Nordeste e Mar Mediterrâneo, onde habita a coluna de água em zonas até 150 m de profundidade. Vive solitária ou em pequenos grupos e alimenta-se de moluscos, crustáceos e ouriços-do-mar. Reproduz-se de Outubro a Dezembro e, apesar de desovar no mar, os juvenis procuram a protecção dos estuários para se desenvolverem. É pescada com arrasto e redes de emalhar, sendo a segunda espécie mais produzida por aquicultura em Portugal, apenas ultrapassada pelo pregado.

Com os dias de sol apetece algo mais leve à mesa e os famosos grelhados!

Esta é a nossa sugestão com este maravilhoso peixe:

Receita com dourada escalada à lagareiro

Ingredientes
500g de batatas pequenas
200ml de azeite
8 alhos
4 douradas
Sal e pimenta, q.b.

Modo de Preparação

  1. Para fechar a lista de receitas com dourada, temos um clássico a não perder. Amanhe as douradas de escamas e tripas, escale-as, tempere-as com sal e pimenta e leve-as a grelhar.
  2. Coloque as batatas num tacho ao lume com água e coza-as por 10 minutos.
  3. Retire as batatas e dê-lhes um murro.
  4. Disponha-as num tabuleiro de ir ao forno e polvilhe-as com sal fino.
  5. Leve-as ao forno por 15 minutos, a 200º.
  6. Coloque ao lume um tacho com o azeite e os alhos laminados e deixe aquecer.
  7. Num prato, disponha a dourada, rodeada pelas batatas e regada pelo azeite e os alhos aquecidos.

 

Está pronto a servir. Bom apetite!

Incluir peixes regularmente na dieta traz benefícios como a melhoria a memória, a concentração, prevenção de doenças cardiovasculares e redução da inflamação.