A pescada é considerada um peixe de carne branca e por isso é caracterizada por conter baixos teores de gordura (aproximadamente 5%) e elevados teores de proteínas. Assim é uma boa opção para pessoas que se encontrem em regime de dieta. Comparando com os peixes gordos, a pescada possui um menor teor de ácidos gordos ómega-3, contudo contribui para a melhoria dos níveis de colesterol e permite diminuir apressão arterial diastólica e o perímetro da cintura. Tal como é uma boa fonte de proteínas, a pescada também é rica em vitaminas e minerais. Contém uma grande quantidade de vitaminas do complexo B, como a niacina (vitamina B3)que é necessária para promover a saúde das nossas células e eliminar toxinas do organismo. Também é possível encontrar na pescada a vitamina B6 que mantem o bom estado de saúde da nossa pele, sistema nervoso e células. Este peixe branco também possui boas quantidades de fósforo e iodo, que possibilitam a formação e manutenção de partes importantes do nosso organismo, como por exemplo os ossos e dentes. O selénio e o iodo são minerais importantes para o bom funcionamento da glândula tiroideia e do sistema imunitário. Uma deficiência destes minerais pode contribuir para o desenvolvimento de certas doenças e de certos tipos de cancro. Infelizmente, a contaminação e a poluição existentes em muitos rios e mares, leva a que os peixes, em geral, possam conter produtos químicos que acabam por comprometer a saúde humana, como é o caso do mercúrio. Porém este risco é minimizado pela riqueza do alimento em selénio que consegue reduzir a sua acumulação nos rins.